sábado, 30 de julho de 2016

O culto do sofrimento.

Leandro Karnal dando palestra na sinagoga.

Nos dias atuais, existe uma doutrina social que é imposta pelos filósofos, religiosos, educadores, psicólogos, etc, uma doutrinação que o sofrimento é importante para o desenvolvimento humano, que traz aprendizado para nos melhorar como pessoa. Existe um programa chamado Café filosófico, onde os filósofos brasileiros desmoraliza a sociedade através dos seus conceitos. Pode-se dizer sem sombra de dúvida, que os escritores e filósofos, são o inimigo número 1 da sociedade.

Todos eles dão conselhos errados, induzindo a sociedade para um caminho que levará para sua destruição, levando uma vida cheio de sofrimento. Eles induzem para o erro, depois falam que a vida é assim mesmo, que não existe felicidade, que a vida é sofrer, e você tem que aguentar o sofrimento.

O filosofo Leandro Karnal é um bom exemplo, o considero “Aquele que fala merda com elegância!”, um professor que defende todas as escorias sociais, usa até mesmos  clichês das feministas, desmoraliza todos os brasileiros filosoficamente, chama de burro de quem descorda dele, era católico e agora é ateu, fala mal da igreja, ainda indica ser financiado pelos judeus. Como as pessoas podem embarcar no que ele fala, deixando se levar pela conversa dele, porque possui vários títulos de mestre e doutorado, aceita o que ele fala, não pelo seu conteúdo, mas sim pelo seu título.

Lembro quando estudava na sinagoga, quando o rabino falou: “Os gentios são estúpidos, somente colocar titulo na frente, eles acreditam em tudo. O nome disso é idolatria da palavra!”. Quando ele falou isso, lembrei-me do filme Matrix, quando a máquina disse: “Os humanos são estúpidos, acreditam em tudo, somente algum cientista, professor ou alguém famoso  falar alguma besteira, eles acreditam!”.

A sociedade é infantiloide porque não aceita sofrimento.
Outra filosofa Viviane Mosé falou que o sofrimento é um benefício, onde o ser humano é infantil, não aceita sofrer, pois se na vida dela não tiver problemas, ela irá se jogar no abismo. Que o sofrimento traz aprendizado, desenvolve a nossa alma, pois a pessoa não teve reclamar dela.

Ainda existem religiosos que defendem o sofrimento, acha bonito sofrer, acreditando assim que irá para o Reino dos Céus, vivendo sempre oferecendo a outra face. Ainda existe a frase de um Traidor que falava: “Você tem medinho de sofrer?” criticando os homens que não querem mais se relacionar seriamente. Ele deve ser masoquista, para aguentar sofrer amorosamente por uma mulher.

Ainda existem aqueles escravos de bucetas, que sempre quebram a cara, está preso no circulo vicioso, mas mesmo assim falam: “É assim mesmo, me fodo hoje, amanhã arrumo outra, depois me fodo de novo e arrumo outra. Vou procurar até uma hora vai dar certo!”. Esses estão atolados na Matrix, gostam de sofrer e pior de tudo quer arrastar os outros com eles. Por isso, recomenda-se afastar de amigos que pensam e vivem somente em função de mulher. Esses tipos de homens, costumo de chama-los de “homossexuais metafóricos”, ou seja, são aqueles que gostam tomar no cu, metaforicamente falando. Tomam tanto no cu, que já virou viado metafórico e não sabe.

Seja homem feliz, liberta-se do sofrimento.
Se o sofrimento fosse algo positivo, o mundo todo teria se iluminado, todo mundo já tinha virado deuses, porque o que não falta é sofrimento no mundo. Ele existe porque o ser humano não quer raciocinar, tem preguiça de pensar e se acomoda no sofrimento, reclama, mas não quer sair da situação que se encontra. As pessoas sofrem porque não quer escutar a sua consciência, que é aquela voz interior nos dizendo o que é certo ou errado. As pessoas possuem surdez espiritual, porque a sua alma (consciência) fala contigo, mas ignora, pois o sofrimento existe é para mostrar que devemos mudar de comportamento. Parem de idolatrar palavras de alguém famoso, seja ele artista, professor ou cientista, começam a pensar pela sua própria mente, escutando a sua consciência. Começam a observar as suas palavras, pensamentos e ações, e as consequências que ocorrem.

Não sofra mais!

Sejam Felizes e Superam as Paixões!

Márcio de Andrade


Nenhum comentário:

Postar um comentário