sábado, 12 de novembro de 2016

O tempo e as paixões.

Você é um escravo do tempo? As paixões te deixam sem tempo?

Muitas pessoas são escravas do tempo, vê-lo passar rapidamente, que mal dá tempo para mudar a sua realidade, então sempre vive no passado, atrapalhando assim a sua vida presente, com pensamentos angustiantes e torturantes, sempre se lembrando da pessoa amada. Sempre carrega a imagem dela na sua mente, sendo sustentado pelas emoções, que ela irá voltar, em que ela se arrependerá das suas ações, querendo ter algo sério com você. Mas, as pessoas não sabem que o passado, presente e o futuro são simultâneos, por exemplo, quando você pensou entrar aqui no blog para ler esta matéria, foi o futuro, quando começou a ler foi o presente, mas assim que terminar tudo será passado.

O que estou querendo dizer com isso, as vezes devemos projetar para o futuro e olhar para o passado, que é o tempo presente e reavaliar os seus conceitos, porque se tornou uma pessoa carente e vive sempre carregando a imagem da mulher amada. O passado deve ser esquecido, mas muitas das vezes isso é impossível, então dependendo da situação devemos voltar ao passado, para saber o que realmente aconteceu. Será que você fantasiou as coisas? Entendeu as coisas erradas? Projetou a sua carência para aquela pessoa? Porque sofres? É um caso a pensar!

Mas, já aconteceu comigo, se a pessoa que ama já morreu e não tem mais como saber a verdade do seu passado em relação a ela? Como também já aconteceu, procurar a pessoa amada do passado, mas ela não queria ver a minha cara? O que iriam fazer? O passado é instrumento de tortura do ser humano, provoca grandes sofrimentos, tira a sua razão e racionalidade, provocando inúmeras insônias e um eterno cansaço.


Retrato de uma mulher viciada em drogas. Se daqui a 20 anos,  encontrasse
com ela, iria assumi-la, tirando dessa vida? Aposto que não!

Confrades, tenho 43 anos de idade, o tempo passou tão rápido, que quando olho para o passado, pude ver que sofri por ignorância, devido a carência e pressão da sociedade para ter mulher, me provocou uma depressão que durou mais de 10 anos. Recentemente aconteceu algo engraçado comigo, as mulheres que amei no passado, todas elas estão velhas e acabadas, tem uma que teve 3 filhos com 3 homens diferentes, outra virou cracuda de rua. Já vi casos de homens, que nunca esqueceram da sua amada, mas depois de décadas viu a sua antiga amada sendo moradora de rua, esmolando para comprar drogas. Estava feia, velha, acabada, mendiga, então faço essa pergunta, se isso acontecesse com vocês, o que fariam? Iria tirá-la da rua, dando condições dignas para ela, iria amá-la, perdoando todos os erros dela e assumi-la? Você tem imagem dela na sua mente quando ela era nova, bonita e cheio de juventude, mas a imagem presente dela não corresponde com do passado, aposto que iria ignorá-la.


Sua amada daqui a 20 anos!
O que as escrituras védicas falam sobre isso, que o  sofrimento humano é ocasionado devido o envolvimento excessivo com a matéria, que o passado está relacionado com a energia material e não espiritual. O que estou querendo dizer que o seu estilo de vida, que faz mantê-lo no passado, mas a espiritualidade está acima das ações do tempo. Somente materialistas sentem a ação do tempo, mas as pessoas mais espiritualizadas, não se tornam prisioneiras do tempo.


Sua amada daqui a 20 anos, com porrada de filhos, com cada um
com homem diferente. Vocês iriam assumi-la?
As paixões é uma punição severa para aqueles que vivem no materialismo, pois para todos os homens que são materialistas acreditam que as mulheres são tudo na sua vida, pois elas são símbolo do falso prazer. O homem que pensa somente em sexo com o tempo ele fica destruído emocionalmente, crises de choro, lamentações do passado, depressão, angustia e pior de tudo falência financeira, perdeu todo o seu dinheiro que era motivo do seu orgulho. Por isso, que aconselha para o homem se afastar de amizades que fala somente de mulher e sexo, afasta-se desse tipo de amizades.

Mulheres que pensam somente em sexo para obter vantagens financeiras, elas terminam velhas, abandonadas, loucas, na solidão, sempre falando a frase “homens não prestam!” e pior de tudo vão ensinar as suas filhas serem assim, fazendo assim um eterno circulo vicioso.



Sem referência e bons exemplos, os jovem pelo estilo de vida louca,
deliquência e consumo de drogas.

O que mais sofre nisso tudo são as novas gerações, que nascem e crescem no mundo, sem referências, sem bons exemplos, então caminham pelo lado mais obscuro da sua existência, procurando pessoas que nunca lhe trará felicidade, frequentará os piores lugares, será rebelde e delinquente, nunca escutará os outros, sempre levando os tombos, a sua existência será medíocre.

Devemos aprender com os nossos próprios erros e dos erros dos outros, existe um ditado que fala sobre isso, que a pessoa inteligente aprende com os erros dos outros, o sábio aprende com os próprios erros. Aprendem a escutar os mais velhos, pois o mal dos mais novos, esquecem de que os mais velhos também já foram jovens e já viram esse filme. A historia sempre se repete com atores e atrizes diferentes, as vezes os mais velhos sabem como vocês vão terminar a sua vida, porque já viram esse filme antes. 

Muitos absorvem as minhas escritas outros não, porque ignoram totalmente, mas entendo perfeitamente, porque ainda não vivenciaram tais experiências, por isso que ignoram, mas os mais velhos entenderão muito bem o que estou querendo dizer. A vida não é má, ela quer apenas ensinar, nós não aprendemos porque somos burros!

Sejam Felizes e Superam as Paixões!

Márcio de Andrade




Nenhum comentário:

Postar um comentário