quarta-feira, 10 de maio de 2017

Não temos controle da nossa vida.

Acreditava que tinha controle sobre a sua vida?
Se deu mal!

Uns das maiores ilusões do ser humano é acreditar que tem controle sobre a sua própria vida, tendo a falsa sensação de que pode obter tudo através do esforço, mas isso passa de um mero engano. Na vida nada é certo de acontecer, porque ao longo da nossa jornada aparecem grandes obstáculos, dificuldades e quando menos se espera acontece o famoso “de repende”. De repende sofre um acidente! De repente morre um ente querido! De repente perde a pessoa amada, que destrói a sua autoestima! De repende a bolsa de valores cai e entra na falência financeira! Ou seja, nada nessa vida existe garantia. Não existe segurança, isso foi inventado pelo ser humano, para ter a falsa sensação que tem controle sobre si, mas não tem. Nem na natureza existe segurança, onde os animais ficam constantemente preocupados por causa dos seus predadores.

Muitos estão iludidos só porque estão na faculdade, acreditando que terá retorno financeiro no futuro e são impulsionados pela sua imaginação, que ficarão bem de vida. Mesmo fazendo curso não existe garantia, pois existe um slogan na administração que diz: “O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã!”, o sucesso é impermanente, e isso acontece até mesmo nas profissões. Ao longo do ano testemunhei executivos e funcionários de mais 20 anos de empresa sendo mandado embora, empresário falido, empresas fechando as portas, etc.

A sociedade de modo geral tem somente a preocupação de ganhar dinheiro, fazer uma excelente carreira, ter status e sentir superior as outras pessoas. Não se preocupam com questões internas, sobre a sua existência no mundo, como está a sua vida, mas de repende a vida passa a perna em você. Se você não aprender lidar com as suas paranoias, medos, fobias, traumas, complexos, superar as paixões, ou seja, todas as questões sobre o espírito humano, o seu destino está traçado, levará uma vida cheio de sofrimento e perderá tudo aquilo que conquistou.

Se não aprender superar as paixões, controlando os seus sentidos, serás seduzido por uma bela mulher sendo dominado por ela, perderá a razão e controle sobre si mesmo, será um fantoche nas mãos dela, levando assim à ruína. Quando a área afetiva vai mal, todos os setores da sua vida será atingida, perdendo a autoestima, não irá para frente na vida, sofrerá de bloqueios mentais, a sua mente ficara fixa e amarrada nela, perderá a vontade de viver e perderá tudo aquilo que conquistou.

Ai mané, pensava que era fodão, mas foi derrotado por uma mulher!
Todos os homens que gostam muito de mulher serão derrotados por elas, pois as paixões se torna um amor doentio da qual será dominado por ele. Não existe amor entre homem e mulher, isso é processo de condicionamento social, aprende substituir o sentimento de amor por gostar, e terá um resultado positivo na vida.

Não fica iludido porque está cursando uma faculdade ou algum curso, isso não é garantia de nada, porque a maioria dos universitários são impulsionados pela sua imaginação e fantasia, mas quando terminar o seu curso será um covarde, porque terá medo de procurar emprego, porque irá se considerar incapaz de realizar aquela tarefa. Sofrerá bloqueios mentais, sua vida ficará estagnada e será envolvido pela energia da limitação, tendo ergofobia que é medo de trabalhar. Mesmo que tenha vontade de trabalhar, corre o risco de não trabalhar na área que escolheu, e isso pode causar muita frustração em você.

Incentivar o sexo ilícito na sociedade foi uma estratégia perfeita para destruir a vida do homem, porque existe um slogan da inteligência que diz: “Toma tudo do homem, sua casa, dinheiro, carro, mulher e filhos, etc, que ele ficará calmo feito cordeirinho. Usar a mulher para atingir os nossos objetivos, por isso, que demos o poder para elas!”.
O vício da bebida induz o homem a mendicância. 
Muitos homens de status se tornaram mendigos, por causa das mulheres, sua autoestima foi destruída, perdeu a vontade de viver, os amigos foram embora, a família o abandonou, se entregou aos vícios da bebida e das drogas, a sua existência é medíocre e sem sentido. Muitos se tornam mendigos não porque são vagabundos, mas sim tem ergofobia, devido as decepções amorosas, pois o tempo passa tão rápido e a pessoa não sai do lugar. A única meta da vida é controlar os sentidos, sentir a sua alma, superar as fraquezas, e compreender a consciência Divina, que o restante o Céu te ajudará.

Pensem sobre isto!

Seja Felizes e Superam as Paixões!

Márcio de Andrade.

2 comentários:

  1. Não gostei de muitos textos seus acho muito agressivos e parece q a culpa do mau q existe no mundo é da mulher. Mas esse aqui é show nossa sou mulher mas vc abriu minha mente pra muita coisa está excelente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A culpa do mal do mundo se chama feminismo que fez uma lavagem cerebral a nível internacional, satanizando todos os homens.

      Um abraço!

      Excluir