quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Preta Gil, a rainha da promiscuidade


No show Preta gil só fala promiscuidade


A grande polêmica envolvendo o Jair Bolsonaro, que disse “jamais deixaria o filho dele se envolver com a mulher feito Preta Gil” surgiu vários escândalos e quiseram relacionar o fato com o racismo. Agora se você for contra certos comportamentos ou grupos sociais, sempre esta querendo associar aos negros. Mas o que Bolsonaro disse nada tem a ver com racismo, e sim pelo comportamento inadequado da cantora Preta Gil.
A cantora Preta Gil já deu várias entrevistas que adora chupar pau, dar o cu, beber porra, participar de suruba, transar com mulheres, ou seja, praticar a promiscuidade feito um animal no cio, e falava isso em público sem nenhuma preocupação de ser censurada.
Em vários shows ela fala abertamente o que faz na sua vida particular, fala até mesmo na frente do pai o Gilberto Gil, que  adora dar o cu. Isso porque ele foi “ministro da cultura” um homem também promiscuo e maconheiro, que quando viajava para o exterior representando o Brasil, costumava dar “selinho” nos homens.
Hoje ela fala que esta arrependida pelas coisas que falou, mas já é tarde, que esta estigmatizada na sociedade, onde sofre discriminações das pessoas, perdendo totalmente o respeito dos outros.
Esta querendo apelar agora, que é vítima social, que sofre discriminação por ser negra, gordinha e bissexual, como se vê no vídeo abaixo.
 
Esta querendo apelar para o racismo
A questão não é fato da opção sexual dela, cada um pode ser o que quiser na vida, mas nunca deve expor a sua vida pessoal na sociedade, senão sofrerá as consequências disso.
As suas defensoras (claro que estão defendendo a espécie) estão querendo associar isso ao machismo, que a sociedade oprime o desejo sexual da mulher, que ninguém deve se intrometer na vida dela. Sim, claro, ninguém deve se meter na vida dela, desde que fica calada e não fica expondo a sua vida particular. Que isso sirva de exemplo para mais novas, que acham pode fazer o que quiser na vida.

Trabalho sobre feminismo





2 comentários:

  1. Na moral fala essas coisas pq ainda não conheceu o 'poder do meu pinto'.

    ResponderExcluir
  2. Essa mulher e uma das maiores biscates do Brasil,o pai e um maconheiro esquerdista que já foi ministro da cultura no Brasil e tem orgulho em ter a filha vadia.

    ResponderExcluir